Taypá festeja 9 anos com menu de clássicos

Causa Anticuchera 2011 (harmonização espumante Veuve Ambal Blanc de Blancs)

O restaurante peruano Taypá faz aniversário no mês de março. Nove anos. Para marcar a data, vai oferecer por apenas quatro dias um menu comemorativo de nove etapas, com releituras de pratos que se tornaram hit na trajetória da casa. O #TBTTaypá, como foi batizado, estará disponível nos 14, 15 e 16 de março no jantar e no dia 17 de março no almoço.

O chef Marco Espinoza traz de volta, repaginadas, receitas que fizeram parte dos diversos cardápios nestes nove anos, como o Ceviche Clássico, que caiu no gosto dos frequentadores logo na abertura do Taypá, em 2010. Ou as Costillas Nikkey (costelas de porco ao molho de tamarindo, soja e gengibre com purê rústico de grão de bico, cebola e limão), que entrou no cardápio em 2013.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Faltou nas fotos a sobremesa, Milhojas de Lúcuma & 5 Leches 2018 (harmonização Nespresso), que fecha o menu com muita informação: massa folhada com creme de lúcuma acompanhada  de sorvete de canela e chocolate ao pisco e biscoito caseiro embebido em leite condensado, creme de leite, leite de coco e leite.

O menu #TBTTaypá custa R$ 120 (um preço, convenhamos, bastante razoável para o banquete que é oferecido). Mas quem quiser harmonizar — com vinhos, cerveja e drink ao longo das etapas –, paga R$ 240 e ainda ganha o welcome drink Don Albano (uísque, vinho do Porto, Jagermeister, marraschino e grapefruit). Preços por pessoa.

SERVIÇO
Festival #TBTTaypá
De 14 a 17 de março, no Taypá (QI 17, Comercial, Bloco G, lojas 208/210 – Fashion Park – Lago Sul, 3364-0403). Dias 14,15 e 16, no jantar; dia 17, no almoço). Preço: R$ 120 sem harmonização e R$ 240 com harmonização. O Taypá funciona de segunda a sexta das 12hs às 15h e das 19h à 0h); sábados, das 12h às 16h e das 19h à 01h); domingos, a partir das 12h, somente para almoço.

Jornalista

Jornalista paraibano radicado em Brasília. Há 30 anos, trabalha com jornalismo cultural e, mais recentemente, com os assuntos de gastronomia. Passou pelas redações do Jornal de Brasília, Correio Braziliense, Jornal da Paraíba, Veja Brasília e site Metrópoles. É autor do livro O Fole Roncou, finalista do Prêmio Jabuti em 2013. Atualmente, também é editor do Boníssimo (link para bonissimo.blog), blog que aborda assuntos de cultura, diversão e ações positivas. Está no Gastronomix desde sua criação em 2009.

Deixe um Comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.