Sangria e Clericot, ótimas opções para o verão

Red_Wine_Sangria_Cocktail_Recipe-1

Esta deliciosa jarra de drink refrescante é uma ótima opção para se beber em grupo, ainda mais nestas festas de fim de ano. Outro dia sentei no restaurante Kousina nos Jardins em SP com uma amiga querida de Goiânia e tomamos um delicioso Clericot de vinho branco (ou Sangria branca).

Pesquisei algumas receitas espanholas para mostrar como e com quais ingredientes se faz este coquetel.

A sangria é uma bebida feita com base numa mistura de vinho tinto, suco de frutas e pedaços da mesma e açúcar. Deve ser servida bem gelada e de preferência na taça de vinho bojuda.

Na espanha onde surgiu é chamada de Sangría (ou “cuerva” em Albacete, Almería, Cuenca, Granada, Jaén y Murcia, e “limonada” em León, Madrid, e em las Verbenas) e é um ponche de vinho (formalmente um vinho aromatizado).

Já o Clericot tem como base o vinho branco e tem sua origem na França. Este recebe também os ingredientes de frutas os sucos e o açúcar.

No Brasil, a mistura pode levar outra bebida como o aguardente (cachaça). Em Portugal tradicionalmente adicionam-se especiarias (pau de canela) e ervas aromáticas frescas como a hortelã.

Vamos as receitas:

1 – Sangria Tradicional (serve 04 pessoas)

 – 1 garrafa de vinho tinto seco (sugestão: Rioja, espanhol)
– 1 colher de sopa de açúcar (ideal é dissolver em um pouco de água formando um “xarope de açúcar)
– 1 dose de Cointreau
– 1 dose de brandy (um destilado de vinho, algumas sugestões de marcas são Rémy Martin ou Hennessy)
– 300ml de soda limonada ou sprite
– 2 laranjas sem casca cortadas em pedaços pequenos (1/4) e em rodelas (se desejar acrescente também uma xícara do suco da laranja)
– 2 maçãs com casca cortadas em pedaços pequenos (1/4) e em rodelas
– gelo a vontade

Em uma jarra de vidro, coloque as frutas, o açúcar, o Cointreau, o brandy e o vinho. Misture bem usando uma colher comprida. Complete com soda limonada e gelo. Sirva em copos de vinho se preocupando em colocar alguns pedaços de frutas e pedras de gelo nas taças.

Obs: Algumas pessoas gostam de adicionar rodelas de abacaxi, limão, pêssego ou morango. Crie a sua própria mistura.

As variações:

2 – Clericot ou Sangria Branca (serve 04 pessoas)

– 1 garrafa de vinho banco (Chardonnay ou Sauvignon Blanc)
-1 dose de cognac
-1 colher de sopa de açúcar
-1 xícara de suco de uvas verdes (ideal natural)
-1 xícara das próprias uvas verde (cortadas ao meio e sem semente)
-1 laranja (ou tangerina) cortada em rodelas finas
-1 xícara de soda limonada ou sprite

Em uma jarra de vidro, coloque as frutas, o açúcar e o vinho. Misture bem usando uma colher comprida. Complete com soda limonada e gelo. Sirva em copos de vinho se preocupando em colocar alguns pedaços de frutas e o gelo nas taças.

Dica 1: Um toque bacana é utilizar um pau de canela com mexedor.

Dica 2: Ideal é preparar a Sangria com 3h de antecedência e deixar na geladeira para que o vinho absorva os aromas e se misture com as frutas.

3 – Tinto de verano (receita unitária)

(uma forma rápida de tomar uma sangria)

Preparo:
– Gelo no copo
– 50% do copo de vinho tinto (não precisa ser de excelente qualidade)
– 50% do copo de soda limonada ou sprite

Sirva em copo longo com uma rodela de de laranja e gelo.

Agora é só preparar as tapas que você mais gosta, juntar os amigos queridos e esquecer dos problemas e do calor!

 

arquiteta, cenógrafa e blogueira de coquetelaria

Juliana Raimo presta consultoria em coquetelaria para veículos de comunicação, desenvolve cardápios de drinks conceituais junto a bartenders convidados para eventos e presta consultoria para restaurantes na conceituação e realização de cartas de drinks. Realiza também festas temáticas que unem a coquetelaria, gastronomia, arte e música. Já escreveu para mídias como Revista da Gol, Prazeres da Mesa, site Dedo de Moça, site B-Coolt entre outros. Desde 2009, assina a coluna drinkme no blog Gastronomix. Com mais de 300 artigos publicados, fala do universo dos coquetéis e convida o leigo a aprender a arte de preparar e apreciar um bom drink. Atualmente, realiza degustações de drinks por toda a cidade e leva ao leitor dicas de onde ir, quais bartenders procurar e o que beber em São Paulo e pelas cidades que passa.

Deixe um Comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.