Moscow Mule, de 1941 ao século 21

blog-presentes-mickey-como-preparar-moscow-mule

A primeira vez que citei este drink que faz sucesso até hoje nos bares do Brasil e do mundo  foi em 2011 quando conheci meu talentoso amigo Marcelo Serrano no bar que ele trabalhava chamado MyNY, Itaim SP.

Este clássico inglês de 1941 se popularizou nos EUA e no Canadá na década de 50.

Moscow Mule, é um soft drink gasoso com sabor de gengibre, adoçado com açúcar. A bebida original não é mais produzida, mas feita de forma caseira em algumas casas pelo mundo.

A receita levava gengibre, açúcar, água mineral, suco de limão e uma bactéria conhecida como “beer plant”. Ficava fermentando por alguns dias até se formar a bebida com teor alcoólico de 11%. Mas o soft drink produzido hoje é bem menos alcoólico.

O coquetel ficou popular nos EUA durante os anos cinquenta, época que a Vodka estava em ascensão no país. O nome se refere a percepção, ao efeito a malemolência que a vodka russa causa nas pessoas.

Hoje quase todos os bons bares da grandes cidades brasileiras já servem este drink que pegou gosto nos brasileiros principalmente no público feminino que trocou o popular Cosmopolitan por este drink refrescante servido na caneca de cobre.

Em 2010 não se encontrava Ginger Beer no mercado Brasileiro então os bartenders começaram a criar suas próprias receitas com gengibre, açúcar e limão para complementar o drink. Isto deu tão certo que a maioria até não utiliza o ginger beer, apesar de já estar disponível nos supermercados, e sim suas próprias misturas.

Vamos as duas receitas :

1 – Moscow Mule Clássico (com ginger beer importado)

método : montado
– 25ml de vodka
– 25ml de suco de limão
– 75ml de ginger beer

Adicione a vodka e o suco de limão em uma caneca (ou em um copo de cobre) com gelo, complete com o ginger beer, misture e sirva bem gelado.

2 – Moscow Mule Revisitado (espuma caseira)

método: batido

– 25ml vodka
– 20ml suco de limão
– 20ml xarope de açúcar
– 2 lances Angostura bitter

Espuma de gengibre (completar)

Bater a vodka o suco de limão e o xarope de açúcar na coqueteleira com gelo, servir no copo de cobre e completar com espuma de gengibre e finalizar com a angustura.

* Espuma de gengibre (preparo para 10 drinks)

– 250ml de xarope de açúcar
– 200ml de suco de limão tahiti
– 60ml de suco de gengibre
– 150ml de clara de ovo(albumina) – feita no dia
– ½ refrigerante citrus

adicionar a mistura no sifão e chacoalhar

arquiteta, cenógrafa e blogueira de coquetelaria

Juliana Raimo presta consultoria em coquetelaria para veículos de comunicação, desenvolve cardápios de drinks conceituais junto a bartenders convidados para eventos e presta consultoria para restaurantes na conceituação e realização de cartas de drinks. Realiza também festas temáticas que unem a coquetelaria, gastronomia, arte e música. Já escreveu para mídias como Revista da Gol, Prazeres da Mesa, site Dedo de Moça, site B-Coolt entre outros. Desde 2009, assina a coluna drinkme no blog Gastronomix. Com mais de 300 artigos publicados, fala do universo dos coquetéis e convida o leigo a aprender a arte de preparar e apreciar um bom drink. Atualmente, realiza degustações de drinks por toda a cidade e leva ao leitor dicas de onde ir, quais bartenders procurar e o que beber em São Paulo e pelas cidades que passa.

Deixe um Comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.