Linguine com abóbora assada e mascarpone

linguine-com-abobora-e-marscapone-leticia-massula-para-cozinha-da-matilde

Embora fotografada aqui em Sampa, essa é uma autêntica receita praiana. No mais puro espírito da comida que faço no cafofo beira mar, sempre fruto do “limpa” da geladeira aqui de casa e a inspiração do momento, soprada em meus ouvidos pela brisa marinha.

A tudo isso some-se um ingrediente especial, o marscapone (primo cozinheiro do mafioso Al. rsrs) que comprei na queijaria para testar.  Antes de viajar estive com a Ana Franco e perguntei o que ela costuma fazer com marscapone, além de sobremesas (óbvias), e ela, pô Let, mil coisas, né? Ele é uma delícia, super leve, delicado, vai bem com tantas coisas…

Chegamos na praia na sexta a noitinha e como sempre nem íamos jantar, apenas beliscar alguma coisa. Comecei a guardar as coisas na geladeira e automaticamente juntei um naco de abóbora cabotiá + cebola roxa + marscapone + ciboulette. Olhei pro lado e um pacote de linguine abriu um sorriso de oferecimento. Pimba!

Nem guardei os danados na geladeira, acendi o forno e botei água prá ferver na espagueteira. Ficou FANTASTIC! Perdoem o entusiasmo, mas isso faz pouco mais de um mês e já repeti o danado e algumas variações pelo menos umas 4 vezes. Saudável, gostoso e muito fácil de fazer.

Perfeito para esses dias de friozinho e muita preguiça, quando tudo o que é a gente quer é muito amor e uma cabana com sofá prá se enrolar, de preferência com a casa aquecida e perfumada por comida que afaga e conforta.

A receita “queridinha do momento” você confere agora:

Ingredientes – 2 porções
– 1/2 pacote ou 200 g de linguine (eu também fiz com papardelle e com fetuccine e ficou muito bom)
– 1/4 de abóbora cabotiá cortada em lâminas com casca
– 1 cebola roxa média cortada em gomos
– 2 colheres (sopa) de manteiga sem sal
– 3 colheres generosas de queijo marscapone (pode substituir por nata)
– ciboulette fatiadinha para polvilhar
– sal a gosto

Modo de fazer

(1.) Disponha a abóbora e a cebola com a manteiga em um refratário, polvilhe com sal e leve ao forno pré aquecido na potência alta por cerca de 25/30 minutos (sem cobrir com alumínio), ou até que caramelizem como na foto (2.).

Retire do forno e coloque no fundo da travessa onde vai servir a massa e ainda quente misture com as colheradas de marscapone (3. e 4.). Junte a massa quente (5.) e uma concha da água do cozimento (dica para manter sua massa hidratada e com aderência ao molho). Mexa delicadamente.

(6.) Polvilhe com a ciboulette e, se for o caso, com parmesão ralado (eu preferi sem, para não matar a delicadeza do marscapone).

Uma das variações que fiz por aqui foi substituir a abóbora por lâminas de beterraba,também ficou MARA!

Bom apetite!

Cozinheira e pesquisadora da comida brasileira

Cozinheira mineira-goiana radicada no planalto central, Letícia Massula divide seu tempo entre o fogão e o Cerrado, de onde coleta ingredientes e inspiração para suas receitas. Desde a década de 70, esquenta a barriga no fogão. É especializada em estilismo culinário e carnes e tem como foco de estudo e pesquisa a comida brasileira e, em especial, os ingredientes e hábitos alimentares brasileiros. Estreou a primeira produção nacional para a BBC HD, o programa Brazil Cookbook, sobre comida brasileira, que estreou no ano da Copa do Mundo e foi transmitido para toda a América Latina, do Chile ao México. O que rendeu uma boa pesquisa sobre comida brasileira. Desde 2013, empreendeu um projeto pessoal de viagens de pesquisa pelos diversos biomas brasileiros. Dessas viagens, inúmeros caderninhos de anotação foram se juntando e acabaram dando forma a textos que publica em seu site pessoal, a Cozinha da Matilde.

Deixe um Comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.