Cidade do Cabo e a rota de vinhos

cidade-do-cabo

Cidade do Cabo (Cape Town) são múltiplos destinos em um. A um só tempo permite que o visitante desfrute de sol e praia, escale a Table Mountain para ver a cidade do alto, aprecie a boa gastronomia e se acabe da dançar nas agitadíssimas baladas.

Como se isso já não fosse suficiente, Cidade do Cabo fica a pouca distância de Constantia, Stellenbosch e Franschhoek, três das mais célebres regiões vinícolas da África do Sul. A mão inglesa não pode ser desculpa para deixar de alugar um carro e, durante uma hora dirigindo por perfeitas rodovias e belas paisagens, chegar a Stellenbosch.

Ali existem, pelo menos, cinco rotas de vinhos, com dezenas de vinícolas cada uma, todas prontas a receber clientes para degustações sem a necessidade de reserva. De carro, de bicicleta ou por meio de excursões, não importa: o gostoso é visitar diferentes propriedades e descobrir as peculiaridades e sabores dos vinhos.

A rota dos vinhos na Cidade do Cabo nunca esteve tão em alta. A África do Sul está entre os 10 maiores produtores do mundo. No país, são cerca de 350 vinícolas. Aproximadamente 200 delas estão na chamada rota do vinho da Cidade do Cabo, em cidades próximas como Stellenbosch e Franschhoek.

Dizem que 1659 é o ano em que há registro do primeiro rótulo de vinho da África do Sul. São mais de três séculos de produção na bebida, que chegou por lá com a colonização holandesa.

Valem a visita: Oldenburg, Neil Ellis, Hidden Valley, Ruste en Vrede e Lourensford. Um bom site pra auxiliar no planejamento do passeio é esse aqui. Tim-tim!

OLDENBURG

NEIL ELLIS

HIDDEN VALLEY

RUSTE EN VREDE

LOURENSFORD

 

Advogado

Advogado e leitor voraz de livros, revistas, sites e blogs brasileiros e estrangeiros. Meticuloso, realiza muitas pesquisas e monta roteiros para comer, beber, tomar um drink antes de qualquer viagem. Atua também no projeto kitchen11, em Brasília.

Deixe um Comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.