Bodega Garzón inicia colheita com festa no vinhedo

Bodega Garzon/Divulgação

A Bodega Garzón faz festa, no próximo dia 2 de março, para celebrar o início da colheita 2019 em clima de verão e carnaval. Sim, os uruguaios sabem aproveitar como ninguém a estação quente e promovem shows, festivais gastronômicos e eventos culturais. E o carnaval de lá é considerado o mais longo do mundo, por seus aproximados 50 dias de celebração.

É nesse astral que a Garzón —  eleita a melhor vinícola do novo mundo na edição 2018 do Wine Star Awards, premiação organizada pela revista americana Wine Enthusiast — receberá 300 pessoas para passear por seus vinhedos, colocar a mão na massa, ou melhor, os pés nas uvas, e encerrar o dia com um almoço capitaneado por ninguém menos que o chef Francis Mallmann.

E o bacana é que o evento não será restrito a convidados super-mega-exclusivos. É aberto também ao público, mediante compra de convite — adquirido antecipadamente pelo telefone (+598) 4224 4040 ou pelo e-mail [email protected]ón.com, ao preço de US$ 200 (adultos) e US$ 100 (crianças).

O programa começa nos vinhedos da Garzon, com a colheita das uvas

Crianças, sim. A festa é do vinho, mas é para toda a família, já que os pequenos certamente vão se divertir muitíssimo com atividades como a “pisa das uvas”, lições de como se colhe as frutinhas e passeio de bicicleta elétrica pelos pontos turísticos do vilarejo de Pueblo Garzón — que fica a 67 quilômetros de Punta del Este, por estrada de chão batido.

O programa começa às 10h e a previsão é de que se estenda por seis horas. Começa com a colheita nos vinhedos, orientada pelo engenheiro agrônomo Eduardo Félix, e termina num grande almoço no Pueblo, com Mallmann (chef embaixador da Bodega) à frente de sete estações de fogo (ou “fuegos”) espalhadas no entorno da praça.

Entre outras atividades, os participantes ainda farão visita guiada pelas dependências da vinícola acompanhados pelo enólogo German Bruzzone, participarão da famosa “pisa das uvas”, na praça de Pueblo Gárzon, e vão acompanhar a artistas plásticos pintando ao vivo nas barricas de carvalho da Garzón.

Confira o roteiro completo do evento:

– Encontro no vinhedo da Bodega Garzón, quando serão fornecidos chapéu, caixa de colheita e tesouras (só para adultos), ferramentas indispensáveis para a vendimia;
– Adultos e crianças poderão colher uvas orientados por instrutores, que determinarão as fileiras de videiras para serem colhidas; 
– Traslado dos participantes à Praça do Pueblo Garzón, que estará enfeitada especialmente para essa ocasião;
– Pisa da uva na Praça de Pueblo Garzón;
– Na praça haverá também artistas plásticos pintando ao vivo nas barricas de carvalho da Garzón, apresentações musicais e passeios de bicicleta elétrica percorrendo os principais pontos turísticos locais;
– Almoço, onde serão servidos carnes, legumes, peixes e outros produtos preparados nas estações de fogos espalhadas pela praça e comandadas por Francis Mallmann

Festa da Colheita na Bodega Garzón
Dia 2 de março, a partir das 10h (tempo estimado em seis horas), na Bodega Garzón e em Pueblo Garzón. Convites a US$ 200 (adultos) e US$ 100 (crianças). Reserva e pagamento antecipado (não reembolsável) pelo número (+598) 4224 4040 ou pelo e-mail [email protected]ón.com.

Jornalista

Jornalista paraibano radicado em Brasília. Há 30 anos, trabalha com jornalismo cultural e, mais recentemente, com os assuntos de gastronomia. Passou pelas redações do Jornal de Brasília, Correio Braziliense, Jornal da Paraíba, Veja Brasília e site Metrópoles. É autor do livro O Fole Roncou, finalista do Prêmio Jabuti em 2013. Atualmente, também é editor do Boníssimo (link para bonissimo.blog), blog que aborda assuntos de cultura, diversão e ações positivas. Está no Gastronomix desde sua criação em 2009.

Deixe um Comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.