Batidas: fáceis de fazer; ótimas de beber

passion fruit cocktail

Faça chuva ou faça sol, nada melhor do que reunir os amigos em um final de semana a tarde e preparar as tão populares batidas de frutas. A primeira receita é a do meu avô Léo, que nos recebia todos os domingos em sua casa com o drink já na coqueteleira a ser despejado em taças coupê antiguinhas. E a segunda receita é a tradicional batida de côco, que aprendi com meu pai, mais docinha, infalível para abrir o apetite!

1 – Batida de Maracujá (rende 2 drinks)

Ingredientes
– 100ml cachaça (para se a do vovô tem que se cachaça)
– 50ml de suco de maracujá
– 1 colher de sobremesa de açúcar
– 4 pedras de gelo em cubos

Modo de preparo
Em uma coqueteleira coloque todos os ingredientes, chacoalhe bem até sentir a coqueteleira bem gelada e sirva em copo baixo. Caso tenha usado o suco da fruta fresca coe os caroços antes de servir.

Dica: Pode servir naqueles copos moderninhos como potes de vidro com canudo (foto ao final do post) ou como o meu avô fazia, em taça coupê, um charme também!

2- Batida de côco (rende 6 drinks)

Ingredientes
– 1 lata de leite condensado
– 1 vidro de leite de côco (mesma medida da lata acima)
– 1 “lata” de vodka ou 01 lata de cachaça (como preferir) – a lata é usada como medidor
– 8 pedras de gelo em cubos

Modo de preparo
Num liquidificador coloque todos os ingredientes, bata até ficar cremoso e sirva no copo que desejar. Se desejar pode finalizar com coco ralado por cima do drink.

Dica 01: Como é um drink mais doce, prefira os copos menores para não enjoar.
Dica 02: Se sentir que ficou forte adicione novas pedras de gelo e bata novamente.

Para descobrir qual sua batida predileta vá conhecer o tradicional Mestre das Batidas, bar que Armando Barros honra desde 1963 que serve batidas de vários sabores —uma das mais pedidas é a de coco com pinga a R$ 12

– Onde encontrar
Rua Clodomiro Amazonas, 440
Vila Nova Conceição – São Paulo
Telefone: (55) 11 3168-7418.

arquiteta, cenógrafa e blogueira de coquetelaria

Juliana Raimo presta consultoria em coquetelaria para veículos de comunicação, desenvolve cardápios de drinks conceituais junto a bartenders convidados para eventos e presta consultoria para restaurantes na conceituação e realização de cartas de drinks. Realiza também festas temáticas que unem a coquetelaria, gastronomia, arte e música. Já escreveu para mídias como Revista da Gol, Prazeres da Mesa, site Dedo de Moça, site B-Coolt entre outros. Desde 2009, assina a coluna drinkme no blog Gastronomix. Com mais de 300 artigos publicados, fala do universo dos coquetéis e convida o leigo a aprender a arte de preparar e apreciar um bom drink. Atualmente, realiza degustações de drinks por toda a cidade e leva ao leitor dicas de onde ir, quais bartenders procurar e o que beber em São Paulo e pelas cidades que passa.

Deixe um Comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.